Página inicial
Sobre o projeto
Notícias médicas
Para autores
Livros licenciados sobre medicina
<< Anterior

DICIONÁRIO DE CONCEITOS BÁSICOS

A adaptação é um processo constante de adaptação ativa da criança ao ambiente social.

Associação - a conexão entre fenômenos mentais, na qual a percepção de um deles implica a aparência de outro.

A lei biogenética é uma lei que descreve a relação entre os estágios de desenvolvimento intra-uterino de uma criança e os estágios de desenvolvimento de uma espécie biológica descoberta pelos naturalistas alemães F. Müller e E. Haeckel.

A idade é uma categoria da psicologia do desenvolvimento que denota intervalos de tempo individuais da vida de uma pessoa (épocas, estágios, períodos, fases, estágios). O conceito de idade é uma conclusão de uma teoria específica do desenvolvimento e do princípio de sua periodização. O conceito de idade em psicologia tem uma condição cultural e histórica - intervalos de idade e seu conteúdo depende da condição humana, eles são diferentes para diferentes culturas e sociedades.

A psicologia da idade é um ramo da psicologia científica que estuda os padrões e a dinâmica do desenvolvimento mental de uma pessoa em sua vida individual.

A lógica genética (lógica do desenvolvimento) é um método de estudar e reproduzir as transformações regulares de um objeto de desenvolvimento sob pré-requisitos e condições apropriados.

A psicologia genética é uma direção da psicologia que estuda a origem e o desenvolvimento das funções mentais humanas (pensamento, emoções, percepções etc.) na ontogenia. Os representantes mais proeminentes da psicologia genética são P.P. Blonsky, A. Wallon, R. Zazzo, J. Piaget.

A psicologia humanística é uma direção psicológica que reconhece a personalidade de uma pessoa como o principal sujeito de pesquisa, considerado como um sistema holístico único, buscando a auto-atualização e o constante crescimento pessoal.

O determinismo é uma dependência regular e necessária dos fenômenos mentais dos fatos que os geram. O determinismo psicológico procede da causação universal dos fenômenos e condições mentais.

Infância é o conceito de cultura e pedagogia, denotando um período histórico e de mudança histórica da vida de uma pessoa, cujos pontos essenciais são a liberação de crianças da participação direta no trabalho produtivo de adultos e a presença de programas de educação e desenvolvimento especialmente projetados. A infância é o período da vida de uma pessoa desde o nascimento até a entrada em uma vida independente.

A psicologia infantil é um ramo da ciência psicológica que estuda as leis dos estágios do desenvolvimento mental e da formação da personalidade durante a infância.

A atividade é uma maneira fundamental da vida social de uma pessoa no mundo, consistindo em uma transformação consciente e intencional do mundo e de si mesmo neste mundo.

A atividade principal é uma das categorias da psicologia do desenvolvimento nacional que denota a forma principal da atividade de uma criança em um certo estágio de ontogenese, dentro e com base nas quais ocorrem as principais mudanças em seu desenvolvimento mental. Na psicologia do desenvolvimento, a atividade principal é considerada uma forma de atividade conjunta entre um adulto e uma criança, que é especialmente cultivada durante um determinado período da infância para atingir as metas de desenvolvimento. O conceito foi introduzido por A.N. Leontyev.

A atividade de jogo é uma atividade principal na infância pré-escolar, cujos pontos essenciais são a reprodução da atividade e as relações dos adultos em condições especialmente imaginárias. Na atividade do jogo, ocorre o desenvolvimento de formas simbólicas de consciência, a assimilação do significado e a nomeação das funções sociais dos adultos.

A atividade laboral é a principal forma de vida social de um adulto associada à criação de valores materiais e espirituais.

Atividades educacionais - atividades de liderança nos anos escolares da vida humana. O conteúdo principal das atividades educacionais são modos universais de pensamento e formas teóricas de consciência (científica, artística, moral, legal, religiosa). O objetivo da atividade educacional é a aquisição de meios de autodesenvolvimento. A maior contribuição para a criação da teoria da atividade educacional foi feita por V.V. Davydov e D.B. Elkonin.

O espírito individual é o princípio de uma certa integração da realidade humana; Representa seguir os mais altos padrões da cultura humana, experimentando máximas morais como um "imperativo categórico" interno, aceitando os valores da vida genérica de uma pessoa como sua.

O ser espiritual é o caminho mais elevado da existência pessoal, conectado à libertação da pressão da vida cotidiana, da tentação de impulsos, vícios e seduções do próprio eu; ser espiritual - amor pela qualidade de vida e vontade de excelência em todos os seus campos.

A zona de desenvolvimento proximal é a escala e o nível de dificuldade das tarefas resolvidas pela criança apenas em cooperação com um adulto. O conceito foi introduzido por L.S. Vygotsky como parte da solução para o problema da relação entre treinamento e desenvolvimento.

A forma ideal é o conceito de psicologia do desenvolvimento, que denota o significado instrumental de padrões culturais, padrões, ideais desenvolvidos pela experiência cumulativa da humanidade e contendo, de forma pronta, formas de pensamento, atividade e comunicação. O domínio das formas ideais pelo indivíduo leva à formação de funções mentais superiores. O conceito foi introduzido por L.S. Vygotsky.

Identificação - comparação, identificação com algo ou com alguém.

Internalização é a formação das estruturas internas da psique humana através da assimilação da experiência externa transmitida por outros na forma de uma mensagem ou forma de comportamento.

O indivíduo é uma pessoa como representante do gênero, possuindo propriedades naturais; ser corporal do homem.

Individualidade - uma pessoa como uma personalidade única e distinta; realizado em atividade criativa e gratuita; manifestada em autodeterminação, auto-estima, auto-aperfeiçoamento.

O historicismo é um princípio explicativo da psicologia do desenvolvimento, que determina a necessidade de considerar a realidade subjetiva de uma pessoa no contexto do surgimento, formação, transformação, funcionamento e desvanecimento de suas habilidades fundamentais como humanas.

Uma crise é uma mudança brusca e abrupta durante qualquer processo, mudando sua forma, direção e mecanismo de implementação.

Crise de idade - um período relativamente curto de ontogênese, caracterizado por fortes mudanças psicológicas no curso atual do desenvolvimento; marca o colapso do sistema de laços e relações de uma pessoa com outras pessoas e a formação de uma nova base para uma nova forma de vida; representa um momento natural no desenvolvimento mental geral do homem. A estrutura conceitual da psicologia do desenvolvimento foi introduzida por P.P. Blonsky.

A crise da vida individual - uma parada e um repensar radical da vida atual; reavaliação de valores e redefinição de objetivos, diretrizes e modos de estar no modo de vida atual; sempre tem um caráter extraordinário - pessoal.

Conceito histórico-cultural - a teoria do desenvolvimento mental humano, desenvolvida por L. S. Vygotsky; sua base é a idéia do condicionamento cultural do desenvolvimento da psique humana, a transformação das formas naturais das funções mentais em funções mentais culturais (superiores).
O principal mecanismo para a formação de formas culturais da psique humana é a internalização.

Personalidade - uma pessoa como representante da sociedade, definindo livre e responsavelmente sua posição entre outras pessoas, no espaço da cultura e no tempo da história; maneira de ser humano no mundo.

Commonness é um sistema estável e sempre definido de conexões e relações entre pessoas, tendo fundamentos semânticos comuns de valor e metas específicas.

A comunidade de crianças e adultos é um conceito na psicologia do desenvolvimento, indicando a fonte do desenvolvimento da subjetividade humana nos estágios iniciais da ontogênese. A transformação e mudança de formas de comunidade de crianças e adultos, suas atividades conjuntas, determinam o caminho, o estágio e o conteúdo do desenvolvimento da subjetividade de cada um dos membros dessa comunidade.

Comunidade simbiótica - um tipo de associação humana na qual predominam as relações diretas e específicas de valor entre as pessoas; em psicologia e pedagogia - a forma última de interdependência psicológica.

Comunidade coexistencial - uma categoria fundamental da psicologia e pedagogia, denotando o objeto e a fonte do desenvolvimento da realidade subjetiva na ontogênese, fixando os fundamentos ontológicos da vida e da atividade das associações humanas; o co-ser é uma forma de mudança histórica do ser tribal imediato do homem; comunidade viva de pessoas em sua unidade e diferente ser de todos que entram nesta comunidade.

Ontogênese é o processo de desenvolvimento de um organismo individual. É uma distância temporária da duração de uma vida humana: começa no momento da concepção e termina no fim da vida.

Pedologia é uma ciência abrangente sobre a criança, que tem uma natureza orientada para a prática e define a tarefa de um estudo abrangente da criança e a preparação de uma visão holística de sua vida e desenvolvimento mental.

A atribuição é uma categoria da psicologia do desenvolvimento marxista que denota o principal caminho do desenvolvimento ontogenético de uma pessoa: o domínio por um indivíduo das realizações da cultura material e espiritual da humanidade. O mecanismo de apropriação de experiências já existentes não explica os processos de geração de experiências sem precedentes, elimina o momento da criatividade no desenvolvimento da subjetividade humana.

O desenvolvimento é uma propriedade universal da matéria e da consciência, manifestada por uma mudança irreversível, dirigida e regular; o princípio universal de explicar a história da natureza, sociedade e conhecimento. Como resultado do desenvolvimento, surge um novo estado qualitativo do objeto - sua composição ou estrutura.

Desenvolvimento da idade - uma mudança irreversível, dirigida e regular no tempo de uma pessoa, fixando os estágios normativamente definidos comuns a indivíduos e a formação de propriedades e qualidades físicas, mentais, sociais.

Desenvolvimento espiritual é uma definição genérica do modo de vida humano associado à descoberta do significado auto-valioso, óbvio e necessário da própria existência.

O desenvolvimento individual é uma maneira única de se tornar uma pessoa como sujeito histórico-cultural, como ser universal; manifestado ao seguir as normas individuais e pessoais de um ser no mundo.

O desenvolvimento e a aprendizagem são o problema central da psicologia do desenvolvimento e da educação, fixando a realidade das interações e mudanças orgânicas espontâneas na formação de estruturas psicológicas e nas habilidades humanas.

Desenvolvimento social é o processo de socialização humana, o desenvolvimento de normas e regras sociais de comportamento, comunicação e interação.

Desenvolvimento físico - uma mudança natural no tempo das propriedades e qualidades corporais de uma pessoa associada à maturação e transformação das estruturas e sistemas de seu corpo.

Forças motrizes do desenvolvimento - um conceito que responde à pergunta de como o processo de desenvolvimento ocorre (é realizado); inclui definições de suas fontes, contradições e mecanismos.

Mecanismos de desenvolvimento - um conceito que descreve processos específicos de transformação de um objeto de desenvolvimento. Na antropologia psicológica, os principais mecanismos para o desenvolvimento da subjetividade são a imitação de seguir as formas de comportamento de outro (sua "duplicação") e

a reflexão como um mecanismo de "divisão" - a conscientização e fixação dessa forma de comportamento como sua.

Desenvolvimento de neoplasia - um conceito que denota um fundamentalmente novo no desenvolvimento mental, aparecendo em um certo estágio do mesmo. Introduzido por L.S. Vygotsky como um critério para a separação da ontogênese em estágios e períodos separados.

O desenvolvimento da periodização é uma mudança natural nas formas da comunidade de eventos das pessoas, determinando normativamente o conteúdo e os limites de etapas individuais, períodos e estágios de desenvolvimento da realidade subjetiva e do autodesenvolvimento de uma pessoa em ontogenesis.

Psicologia do desenvolvimento - um ramo da psicologia que estuda as leis da formação da realidade subjetiva na ontogenia.

Reflexão - a capacidade genérica de uma pessoa, manifestada na conversão da consciência em si mesma, no mundo interior de uma pessoa e em seu lugar nas relações com os outros, nas formas e métodos de atividade cognitiva e transformadora; eles distinguem - supondo, comparando, definindo, sintetizando e transcendendo a reflexão.

A consciência é uma maneira integrativa de ser de uma pessoa, manifestada em sua capacidade de estar ciente das condições e formas de sua vida, de se relacionar com elas e torná-las objeto de transformação prática; existe na forma de inconsciente, consciência presente, autoconsciência e consciência reflexiva de diferentes níveis.

Sujeito - uma pessoa como portadora (iniciador, gerente, criador) da atividade e cognição prática do sujeito; a formação do sujeito é o processo de dominar a própria vida espiritual do indivíduo, habilidades genéricas.

A subjetividade é a categoria básica da psicologia humana que define o princípio geral da existência da realidade humana, o ser imediato de uma pessoa; como uma forma de ser e uma maneira de organizar a realidade humana, a subjetividade se encontra na capacidade de uma pessoa de permanecer em uma atitude prática (transformadora) em relação à própria vida e encontra sua expressão mais elevada em reflexão.

A subjetividade é uma maneira social e transformadora de atividades do ser humano; como auto-subjetividade é uma forma óbvia e especificamente dada de auto-ação humana.

Universalidade - uma categoria que fixa o nível mais alto do desenvolvimento espiritual de uma pessoa; manifestado em plena consciência do significado de sua vida, no conhecimento de seu envolvimento no mundo, em um sentido de unidade espiritual com o universo.
<< Anterior
= Ir para o conteúdo do livro =

DICIONÁRIO DE CONCEITOS BÁSICOS

  1. DICIONÁRIO DE CONCEITOS PSICOLÓGICOS E PEDAGÓGICOS BÁSICOS
    Adaptação - a capacidade de um organismo (personalidade, função) se adaptar a várias condições ambientais. A adaptação social é o processo e o resultado de uma adaptação ativa de uma pessoa às condições e exigências do ambiente social. O questionário é uma ferramenta metodológica para a obtenção de informações sociológicas e psicológicas primárias, com base na comunicação verbal, uma forma de pesquisa por correspondência.
  2. Conceitos básicos de psicologia do desenvolvimento
    O conceito-chave da psicologia do desenvolvimento é o conceito de desenvolvimento. Desenvolvimento é o processo de transição de um estado para outro, mais perfeito, a transição do antigo estado qualitativo para um novo estado qualitativo, de simples para complexo, de inferior para superior. O desenvolvimento da psique também é uma mudança regular nos processos mentais no tempo, expressa em sua quantidade, qualidade e
  3. CONCEITOS BÁSICOS DE VIDA E VALEOLOGIA
    Antes de falar sobre uma pessoa, em qualquer aspecto e especialmente sobre sua saúde, deve-se notar que uma pessoa é um representante dos vivos. O fenômeno humano que surgiu durante a evolução do mundo orgânico tornou-se objeto de estudo de muitas ciências naturais (física, química, biologia, genética, antropologia etc.) e humanitárias (história, filosofia, sociologia, psicologia, economia e economia).
  4. Conceitos básicos
    Em hospitais, dispensários, policlínicas e outras instituições médicas, para evitar infecções hospitalares, é necessário realizar desinfecção, desinsecção, desratização em salas e no território adjacente e, além disso, limpeza pré-esterilização e esterilização de dispositivos médicos em departamentos hospitalares, em salas centralizadas de esterilização. Junto com
  5. Conceitos básicos
    Uma emergência é uma súbita mudança patológica nas funções do corpo humano que ameaça sua vida, saúde ou as pessoas ao seu redor. As condições de emergência são classificadas da seguinte forma. ¦ As condições com risco de vida são condições patológicas caracterizadas por funções vitais prejudicadas (circulação sanguínea e respiração). ¦ Condições que ameaçam a saúde - patológicas
  6. Conceitos básicos da teoria de Erickson
    As idéias de Erickson sobre o desenvolvimento do Ego são apresentadas principalmente nos livros Infância e Sociedade (1950), Identidade: a crise da juventude (1968), Identidade e ciclo de vida (1979), Maturidade (1979) e Envolvimento da vida em velhice "(1986) e outros. Já a partir dos nomes dos livros, fica claro que o conceito central de E. Erickson é o conceito de identidade. Identidade pessoal - um conjunto de características ou
  7. Conceitos básicos
    Tendo considerado os principais problemas relacionados ao sangue e tratamento de sangue nos capítulos anteriores, seria injusto não prestar atenção a um problema tão importante como os métodos de purificação artificial do sangue. Comparados à hemoterapia, eles são usados ​​muito recentemente, mas sua introdução na medicina moderna tem um significado verdadeiramente revolucionário. Devido ao fato de que a maioria das doenças é causada por ou
  8. Conceitos básicos
    Среда обитания человека (Закон Республики Беларусь "О санитарно-эпидемическом благополучии населения" — часть окружающей среды, включающая ее природные компоненты (атмосферный воздух, водоемы, почву), а также питьевая вода, продовольственные и промышленные товары, условия труда, быта (жилище, места отдыха, транспортные средства), обучения, воспитания, которые оказывают либо при
  9. Conceitos básicos
    Гемотрансфузии при тщательном учете показаний и противопоказаний, соблюдении установленных правил по технике и методике проведения и выполнении всех серологических реакций являются сравнительно безопасным методом лечения. Однако надо всегда помнить о том, что переливание крови должно рассматриваться как серьезная, небезразличная для организма операция – трансплантация живой ткани. А ее, как
  10. Conceitos básicos
    Кровезаменители – это жидкости, которые при внутривенном введении больному могут отчасти заменить функции крови. Учитывая то, что применяемые в настоящее время кровезамещающие среды не являются переносчиками кислорода и заменяют по функции не кровь, а только плазму, И.Р.Петров и соавт. (1957) вполне резонно предложили называть их плазмозаменитепями. Но тем не менее, в настоящее время наибольшее
  11. Conceitos básicos
    Под парентеральным питанием понимают особую форму внутривенного лечебного питания, обеспечивающего коррекцию нарушенного метаболизма (при различных патологических состояниях) с помощью специальных инфузионных растворов, способных активно включаться в обменные процессы организма, которые вводятся, минуя желудочно-кишечный тракт: подкожно, внутримышечно, внутривенно, внутриартериально,
  12. Conceitos básicos
    ДВС-синдром – это один из наиболее распространенных и представляющих большую опасность для пациентов вид патологии гемостаза. Принципиально он характеризуется рассеянным свертыванием крови с тромбообразованием. Результатами этих двух процессов являются: 1) массивное потребление факторов свертывания крови; 2)чрезмерная активация фибринолиза. Следствием этого, в свою очередь, является частое
  13. Основные понятия иммунологии
    В процессе длительной эволюции, насчитывающей миллионы лет, организм человека приобрел достаточно эффективную способность защищаться от многих патогенных организмов и неблагоприятных факторов внешней среды. Природа предусмотрела три степени, или уровня, защиты организма от проникновения в его внутреннюю среду веществ, несущих в себе признаки чужеродной генетической информации: одну специфическую,
  14. Основные электрофизиологические понятия
    Электрическая активность сердца связана с меняющимся на протяжении сердечного цикла потенциалом между внутренней и наружной поверхностью клетки проводящей системы. В самом начале диастолы этот потенциал — потенциал покоя — в клетках синусного узла составляет около 50мВ, в клетках миокарда желудочков он равен — 90мВ. Потенциал покоя в клетках, обладающих автоматизмом, не является стабильным. Он
  15. Основные понятия валеологии
    Возникший в процессе эволюции органического мира феномен человека стал предметом исследования огромного множества естественных (биология, генетика, антропология, химия и др.) и общественных (история, философия, социология, психология, экономика и др.) наук. Однако до сих пор человек не может дать окончательные ответы на многие вопросы, касающиеся не только своей сущности, но и бытия. В полной
  16. Основные понятия десмургии
    Десмургия (от греч. desmos – связь, повязка, ergon - дело) – это раздел хирургии, разрабатывающий методы применения и технику наложения повязок. Повязки – профилактические и лечебные манипуляции с использованием различных перевязочных материалов и средств. Повязки применяются при оказании доврачебной помощи и лечении повреждений мягких тканей, ожогов и отморожений, для временной и окончательной
  17. Основные понятия микробиологии
    Микробиология — это наука, изучающая жизнь и развитие живых микроорганизмов (микробов). Микроорганизмы — самостоятельная обширная группа одноклеточных организмов, связанных по своему происхождению с растительным и животным миром. Развитие микробиологии началось еще во времена древности, когда медики впервые предположили, что «зараза передается от человека к человеку» через каких-то живых
  18. Основные понятия валеологии
    Валеология (от греч «valeo» - здоровье) – наука о здоровье и здоровом образе жизни. Объектом интереса этой науки является человек, как целостная, саморегулирующаяся система, а не набор органов. Человеческий организм – это единство физико-химических, энергетических и эмоциональных компонентов. А здоровье – это самое дорогое сокровище, чем может обладать человек. Как известно, здоровье – не только
Portal médico "MedguideBook" © 2014-2019
info@medicine-guidebook.com